Os desafios das pessoas com deficiência no mercado de trabalho

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Falar sobre inclusão de pessoas com deficiência é um tema necessário em todos os âmbitos. E para sustentar esse debate, vamos trazer aqui alguns pontos importantes sobre PcDs e o mercado de trabalho.

Você já parou para pensar onde estão as pessoas com deficiência nas empresas? E no seu ambiente de trabalho, onde elas estão?

Infelizmente ainda existem muitas barreiras para derrubar em relação às pessoas com deficiência no mercado de trabalho. Entretanto, juntos podemos lutar pelos direitos de todos e mudar essa situação, certo?

Para entender um pouco sobre as dificuldades e as oportunidades que PcDs lidam no mercado de trabalho, é só continuar a leitura!

LEIA MAIS! Você já ouviu falar sobre o mês da inclusão?

Pessoas com deficiência no mercado de trabalho: vagas garantidas por lei

Em 1991, decretaram a lei nº 8.213 aqui no Brasil. Essa lei trouxe mais informações sobre a previdência social e, além disso, instituiu a chamada “lei da cota”, que teve como objetivo contribuir na inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

Dessa forma, a lei determina uma porcentagem de vagas destinadas para PcDs de acordo com a quantidade de funcionários que a empresa possui. Assim, a disposição fica da seguinte forma:

  • de 100 a 200 funcionários, 2% das vagas devem ser preenchidas por PcDs;
  • 201 a 500 colaboradores, 3% devem ser vagas para pessoas com deficiência;
  • de 501 a 1000, essa porcentagem sobe para 4%;
  • e em casos de mais de 1000 funcionários, 5% das posições devem ser preenchidas por PcDs.

A hora da contratação: o grande desafio das pessoas com deficiência no mercado de trabalho

Muitas pessoas com deficiência relatam passar por momentos difíceis na hora que buscam um emprego. Seja uma primeira oportunidade ou uma recolocação, existem barreiras que complicam o desenvolvimento desses profissionais.

Duas delas são as mais comuns:

  • a falta de oportunidade;
  • e a avaliação incorreta dos profissionais, com foco na deficiência e não em suas habilidades.

Assim, esses dois fatores são os grandes responsáveis por travar a participação de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. Em pesquisa recente realizada em São Paulo, a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência constatou que cerca de 15% das PcDs entrevistadas nunca tiveram um emprego formal.

Ser PcD não é qualificação

Um relato recente chamou a atenção em uma rede social. Marcela Helena Jahjah, analista de comunicação, tem deficiência auditiva sempre compartilha sobre a sua vivência e assuntos sobre inclusão.

Nesse relato citado anteriormente, ela desabafou que os recrutadores sempre a abordam para vagas “PcD” sem ao menos olharem a experiência dela. Como se toda a sua trajetória profissional se anulasse por ela ter uma deficiência.

Não há problema algum em querer mudar de emprego ou buscar uma recolocação no mercado de trabalho. Entretanto, Marcela questiona o fato de muitas empresas utilizarem a deficiência como se fosse a profissão da pessoa. Entende essa linha de raciocínio?

Os recrutadores devem estar atentos a isso. O fato da pessoa ter ou não uma deficiência não é o que vai qualificá-la para vaga, mas sim a sua experiência.

Oferecer capacitação é fundamental

Muitas vezes, colocam a falta de cursos de capacitação como barreira para a não contratação de pessoas com deficiência. Entretanto, esse mesmo estudo revelou que 83% das PcDs têm interesse em se qualificar por meio de cursos profissionalizantes.

Esse ponto deve ter a atenção das empresas. Além de criar oportunidades para que as pessoas com deficiência entrem no mercado de trabalho, é importante oferecer capacitações para que elas possam progredir profissionalmente.

Dessa forma, as oportunidades podem ser oferecidas com mais igualdade tanto para quem tem a experiência necessária quanto para quem busca se desenvolver na profissão.

Quando temos acesso a toda essa informação, fica ainda mais claro entender o porquê temos que contribuir com essa luta, não é mesmo? É por isso que não devemos parar e juntar as nossas forças para que os direitos de todas as pessoas com deficiência sejam respeitados.

Você vem com o Causei o Bem? ♥

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos HTML:

Copyright © 2020. Todos os Direitos Reservados - Causei o Bem