Criança com deficiência: o que eu preciso saber?

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Para as mães, pais, responsáveis e todos aqueles que estão envolvidos no dia a dia de um criança com deficiência, muitas são as perguntas que podem surgir ao longo da vida. Como vai ser o desenvolvimento dela? E na escola? Como lidar com a falta de acessibilidade? E por aí vai.

Fato é que ela pode e deve ter acesso a todas as coisas que uma criança sem deficiência também tem. Por isso, para todos os envolvidos na criação da criança PcD, uma coisa é fundamental: informação. Ter acesso às informações corretas faz valer os direitos que a criança têm, além de contribuir para o seu pleno desenvolvimento. Nesse artigo você vai encontrar alguns pontos importantes a compartilhar sobre o assunto. Continue com a gente e entenda. Boa leitura!

Cada criança tem o seu processo

Independente de ter ou não uma deficiência, cada criança é diferente e seu processo de desenvolvimento também é. Muitas pessoas colocam as crianças com deficiência em uma “caixa”, como se elas se comportassem e tivessem o mesmo padrão de evolução. E isso não é verdade! Cada uma tem suas particularidades, com facilidades em algumas áreas, dificuldades em outras, assim como uma criança sem deficiência.

Vale lembrar que não é porque uma criança possui alguma deficiência que ela será mais lenta, terá dificuldade de aprendizado ou qualquer coisa do tipo. Cada criança é um universo único, e isso não é característica exclusiva de quem possui deficiência.

Com isso, é importante ter paciência para encontrar o melhor método de aprendizagem — que seja nas atividades escolares, na mobilidade, na fala etc — e, assim, oferecer um espaço de acolhimento e desenvolvimento para a criança.

Se informe sempre

A informação certa é a melhor saída para todas as dúvidas que podem surgir. Além de sites voltados para esse assunto, ter acesso e contato com profissionais da saúde que atuam com a deficiência de seu filho(a) é muito importante.

A APAE, por exemplo, oferece atendimento multidisciplinar para crianças e adultos com deficiência. Ela está presente no Brasil todo e você pode encontrar a mais próxima a sua casa para ter informação profissional e acompanhamento para seu filho. 

Fisioterapeutas, psicólogos, médicos, nutricionistas e fonoaudiólogos são alguns dos profissionais que atuam nas APAEs e estão preparados para auxiliar no desenvolvimento das crianças com deficiência. 

Conheça a legislação

As crianças com deficiência têm direitos garantidos por meio da lei nº 8.069/1990, também conhecida como Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Por mais que se trate de direitos básicos, que estão relacionados à saúde, educação e lazer, por exemplo, é importante que isso seja de conhecimento dos responsáveis.

Essa lei busca proporcionar uma qualidade de vida melhor para todas as crianças, bem como um melhor aproveitamento dessa fase que é tão incrível e cheia de descobertas.

Dentre os direitos garantidos pelo ECA estão: 

  • Nenhuma escola pode rejeitar alunos com deficiência e nem cobrar alguma taxa para acolhê-los. PcDs têm direito ao ensino regular com as adaptações necessárias para o seu aprendizado;
  • Junto a isso está o direito de receber atendimento educacional especializado, ao menos no ensino regular;
  • Não pode haver nenhum tipo de discriminação ou preconceito durante o atendimento médico. Além disso, próteses, órteses e qualquer outra necessidade do tipo são garantidas de forma gratuita.

Inclusão está na lei

Além do ECA, a Lei Brasileira de Inclusão ou LBI (nº 13.146/15) também atua em prol das PcDs, e garante, por exemplo, que todas as pessoas com e sem deficiência, convivam entre si de forma igualitária, sem qualquer tipo de discriminação.

A LBI também pontua o desenvolvimento de um projeto pedagógico adequado para acolher pessoas com deficiência. Dentre as ações para esse projeto estão, por exemplo, oferecer educação em libras, ter a participação da família na vida escolar da criança, ter acesso a atividades recreativas, entre outros.

Caso esses direitos não sejam cumpridos, você pode entrar em contato com o Disque 100, o Disque Denúncia Nacional que analisa questões sobre violação dos direitos humanos. Além disso, também é possível entrar em contato com o Conselho Tutelar de sua cidade para informar a situação e conseguir as medidas necessárias.

Todo mundo pode fazer a diferença

A importância das doações

É importante lembrar que organizações como a APAE não têm fins lucrativos. Por esse motivo, ajudar com doações é uma forma de contribuir para que essas instituições continuem seus trabalhos. 

Assim, se você tem vontade de colaborar para uma sociedade mais igualitária e inclusiva, apoiar instituições como a APAE é essencial. Com a sua doação, você ajuda para que o trabalho dessas organizações continue e ainda gera uma mudança positiva na vida de alguém que precisa desse apoio.

Vamos fazer isso juntos? 

Clique e descubra como fazer a diferença
Seja um doador Causei o Bem
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos HTML:

Copyright © 2020. Todos os Direitos Reservados - Causei o Bem