Mulheres que fizeram a diferença na Educação

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

No mês de março é celebrado o Dia Internacional da Mulher (08/03). Essa data é marcada por celebrar toda luta que as mulheres têm enfrentado para conquistar espaço no mercado de trabalho, na política, bem como nos direitos básicos de sua existência.

E quando o assunto é Educação, a luta por espaço não foi diferente. Aos poucos as mulheres conseguiram ingressar nas escolas e faculdades e, assim, garantiram para si direitos fundamentais que por muito tempo elas não tiveram acesso. 

Pensando nisso, hoje o Causei o Bem vai contar a história de 5 mulheres que transformaram o cenário da Educação no Brasil e no mundo. Vamos lá? Boa leitura!

Mulheres na educação

Sonia Guimarães

sonia-guimaraes

Doutora em Física, Sonia foi a primeira mulher negra a conquistar esse título no Brasil. Professora no ITA, o Instituto Tecnológico da Aeronáutica, ela se tornou a voz na busca pela igualdade na instituição. Isso porque quando iniciou seu trabalho, o instituto não aceitava mulheres como alunas.

Sua luta contra as desigualdades de gênero e raciais é uma pauta muito importante e por isso ela expandiu suas ações dentro da causa ao se tornar mantenedora da Faculdade Zumbi dos Palmares. A instituição conta com 84% de alunos negros e 54% de mulheres e, além disso, tem projetos para estudantes de regiões carente e frentes feministas.

Débora Seabra

debora-seabra

Débora é sinônimo de representatividade na Educação, ao se tornar a primeira professora com Síndrome de Down do Brasil. Desde muito cedo, seus pais a apoiaram nos estudos e Débora completou sua aprendizagem em escolas regulares. 

A professora cursou o magistério em Natal, no Rio Grande do Norte, e fez estágio na Unicamp. Depois disso, começou a trabalhar na educação infantil e, além disso, também atuou como professora assistente no primeiro ano do ensino fundamental. 

Além disso, Débora Seabra também é autora. A professora e escritora lançou o livro “Débora conta histórias”, que narra fábulas que falam sobre inclusão, respeito e amizade.

Agora, além das salas de aula, ela também aborda a inclusão em palestras que faz no Brasil e no mundo.

ALÉM DAS ESCOLAS! Conheça o papel das ONGs na Educação de crianças e adolescentes

Maria Montessori

mulheres-na-educacao-maria-montessori

A médica Maria Montessori é um grande nome da Educação. A italiana foi a primeira mulher a se formar em Medicina em seu país e por ser mulher, não tinha permissão de atender homens. Por isso, iniciou seus trabalhos com crianças com deficiência.

Com esse trabalho, ela criou o método Montessori, que estimula o desenvolvimento das crianças com seu próprio esforço, ritmo e interesse. Uma forma de educar para a vida e trabalhar a individualidade do aluno. Esse método é usado no mundo todo, em várias frentes diferentes.

Emilia Ferreiro

mulheres-na-educacao-emilia-ferreiro

A argentina Emilia Ferreiro é pedagoga e psicolinguista que dedicou seus estudos a repensar a alfabetização das crianças. Os seus estudos são tão importantes que tiveram forte influência na estrutura da Educação Brasileira nos últimos anos, por exemplo.

Emilia fez doutorado na Universidade de Genebra e lá teve foco em estudar sobre a escrita e o construtivismo. Em parceria com a pedagoga Ana Teberosky, ela lançou o livro “Psicogênese da Língua Escrita”. A obra trabalha com um tema bem importante e, por isso, serviu de inspiração para os Parâmetros Curriculares Nacionais do nosso país.

Êda Luiz

mulheres-na-educacao-eda-luiz

A professora Êda é outra personagem importante para a Educação. Como coordenadora pedagógica do Centro de Integração de Jovens e Adultos (CIEJA), em Campo Limpo (SP), Êda fez várias mudanças. Dentre elas, levar a educação para além da sala de aula com atividades extracurriculares, por exemplo.

Além disso, a professora é responsável por desenvolver um modelo de escola democrática. Assim, cria-se um local aberto à comunidade, com acesso livre e de respeito entre as pessoas. Todo o trabalho de Êda tem grande influência de Paulo Freire, figura muito importante para a Educação no mundo todo. 

Sonia, Débora, Maria, Emilia e a Êda são só alguns exemplos de mulheres na Educação que trouxeram mudanças significativas para o ato de ensinar e de aprender e transformaram a vida de tantas pessoas.

Afinal, a educação causa o bem ♥

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos HTML:

Copyright © 2020. Todos os Direitos Reservados - Causei o Bem